Translator

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Melancolia

Hoje é um dia comum, igual a vários outros comuns (que não são a maioria dos meus)...
Um dia xoxo, sem tempero...
Aqueles dias em que vc se dá conta de que o pouco esforço que tem feito, é realmente pouco, insuficiente. E desenvolve dentro de si uma força extra, que estava guardada pela estagnação do "comodismo", há muito ainda para aprender, muito caminho para trilhar, e com pouco eu nunca me contentei, aliás, nunca me contentei com nada... De fato a constante presença de oxigenio em meu corpo, me faz agora querer encher o peito de muito amor e de um ar que ainda não existe nessa atmosfera...
Difícil de expressar, a mesmice de minhas palavras redundantes, a falta de conteúdo de meu português pobre neste momento, mas eu não sou triste! Não mesmo!
Sou demasiadamente humana, e hoje é dia de melancolia! Risos (ainda sim acho graça, não me pergunte de que!)

"Descubro com melancolia que meu egoismo nao é tao grande assim, pois dei ao outro o poder de me magoar .
Os sorrisos , as palavras sem importancia que sao tao importantes."

Livro: O amor do Pequeno Príncipe
Antoine de Saint-Exupery


Fiz uma prova pela manhã, me sai bem.
Mal havia monitoria dentro da sala, o que fazia o pessoal trocar idéias tranquilamente sobre cada questão, eu lá ainda fiquei com minha opinião, pois o conteúdo já se encontrava no estoque de meus conhecimentos, "inteligência emocional", as habilidades de lhe dar com as emoções, digerir os conflitos, e lhe dar com as derrotas, e ainda sim ser persistente.. blá blá blá!!

A tarde fiquei com minhas duas amigas que eu chamo de "Mara’s" (abreviação de maravilhas!!), pessoas que conheci nesta cidade maravilhosa, (tudo é "MARA!!") que com o tempo me conquistaram, já são parte de minha vida, Dani (uma pessoa íntegra, iluminada, grande mulher, além de linda, é dona de características, raras de se juntar em uma só, um coração de ouro e uma mente que muito me identifico, seus pensamentos quando não se parecem, complementam os meus, me faz rir muito, é autêntica, capaz de fazer qualquer pessoa se sentir a melhor, agradabilíssima, não tenho palavras para descrever o quanto se tornou essencial em minha vida, coisa que eu pretendo guardar e preservar debaixo de sete chaves, e vou sentir muitas saudades), Tatá (pessoinha muito fofa, que também me conquistou com seu jeitinho de menina responsável e cheia de boa vontade, uma pessoa abençoada creio eu que ainda viveremos muitas farras intensamente maravilhosas, amiga especial, que ainda continuará a caminhar comigo e crescermos juntas!).
Enfim, hoje eu resolvi falar um pouco de cada uma, pois as considero muito importantes nessa nova faze! (Obrigada queridas!)
Voltei pra academia ha 3 dias, meu corpo dói agora, acabo de chegar da malhação, são só "alguns kilinhos" que devo perder, e pretendo nunca mais encontrar! kkkkkkk, maldita herança genética!!!
Bem, eu continuo persistente nessa árdua luta!
Tenho fome, mais já me desanimam os prazeres ingratos da gula!
E a vida vai seguindo, meu coraçãozinho anda apaixonado e saltitante, mesmo com as poucas flores, eu não me esqueço dele, nem de tomar meu leite de caixinha que eu tanto gosto! Previne a osteoporose rsrs...
Já me sinto melhor depois de algumas palavras um pouco desgarradas, sem um sentido cronológico nem uma linearidade específica!
Escrever é mesmo uma terapia, embora eu não seja lá essas coisas, confesso que me agrada bastante... Me despeço por aqui, tenho que me banhar, dormir cedo, amanha tenho outra prova (ITGA)...

Para fechar, duas frases de um dos meus filósofos prediletos:

"Os homens graves e melancólicos ficam mais leves graças ao que torna os outros pesados, o ódio e o amor, e assim surgem de vez em quando à sua superfície."

"A vontade é impotente perante o que está para trás dela. Não poder destruir o tempo, nem a avidez transbordante do tempo, é a angústia mais solitária da vontade"

Friedrich W. Nietzsche

Nenhum comentário: